Notícias

trabalhador-com-duvidas_1012-193

Uma falha paralisou meu negócio e agora?

A perplexidade nos assola sempre que nos deparamos com notícias sobre grandes empresas que tiveram paralizações em suas atividades devido a situações que pareciam sob controle.

Os questionamentos são inevitáveis: como isso foi acontecer? Será que os gestores dessas companhias não tinham como prever esta situação?

Não é a primeira vez que paralisações nos negócios assumem proporções gigantescas e se tornam destaques na mídia. Afinal, as empresas – fornecedores e clientes – estão cada vez mais conectadas, as cadeias de fornecimento mais complexas e os fornecedores têm impacto direto na operação e imagem de seus clientes.

Entretanto, o que as empresas e seus executivos podem aprender com estas grandes crises? Embora a resposta pareça simples a execução da solução exige muito planejamento, preparação e conhecimento do negócio e de sua cadeia de fornecedores (supply chain). A saída não é única para todas as situações, mas podemos partir de alguns questionamentos que podem (e devem) estar no radar das empresas quando ocorrer vulnerabilidades e possibilidades de descontinuidade de seus negócios em razão de ações de terceiros. Veja:

– O que aconteceria se um ou mais fornecedores, por alguma razão, deixassem de fornecer matéria-prima ou serviços essenciais ao meu negócio?

– Considerando a descontinuidade de serviços de um ou mais fornecedores, por quanto tempo conseguiríamos continuar operando?

– Quais são as alternativas pré-definidas para continuar minhas operações de forma contingencial?

– Nossa empresa está preparada para dar respostas aos seus públicos? Meus canais de atendimento são suficientes para realizar o correto esclarecimento ao consumidor?

– Quais impactos a descontinuidade temporária de meus serviços pode causar para a marca e a imagem de minha empresa?

– Foram definidos e preparados os responsáveis por gerenciar crises? Suas responsabilidades estão claras?

Se para você a maioria das repostas dos questionamentos acima foi não, a situação é crítica e é hora de colocar em prática como aplicar conceitos de gestão de fornecedores, de crises e de continuidades dos negócios em nome da perenidade da sua empresa. Assim como em vários aspectos da vida, no mundo dos negócios não é diferente: a prevenção é sempre a melhor alternativa!

Fonte: Administradores.

Leia Também

Black-Friday-3--330x252
A Black Friday já está consolidada no calendário do varejo brasileiro como o dia das promoções. É a data de vender muito. Mas se as ações não forem planejadas, o lojista não terá lucros e ainda pode perder clientes. Aproveite essa data para estimular a criatividade da sua equipe e fazer seu estoque girar ainda […]
images (1)
O emaranhado de tributos que recaem sobre as empresas brasileiras causa dores de cabeça a qualquer empreendedor ou gestor. Em um ambiente em que é possível ser penalizado mesmo quando se busca constantemente estar em dia com as exigências da Receita Federal do Brasil (RFB), fazer um bom planejamento tributário não é uma opção, mas […]
Clientes
Quando um cliente fica insatisfeito, ele pode manifestar esse sentimento principalmente de três formas. Primeiro, ele pode ir a público, publicar nas redes sociais, em sites como o Reclame Aqui. Além disso, ele também pode entrar em contato diretamente com a empresa, através de canais oficiais de contato como SACs, voltando à loja e procurando […]

Av. Milton Campos, 2783 - Centro - Guanhães/MG - CEP 39740.000 - Tel.: (33) 3421-0222