Primeiramente, para vender mais e melhor é preciso gostar de lidar com o cliente e entender as necessidades dele. Não precisa nem falar da importância do bom atendimento, aquele que é educado, cordial e bem feito. Precisa criar um vínculo com o cliente e isso parte da comunicação certa. Entenda o cliente e como ele se comunica para criar este vínculo. A ideia não é copiar a forma como o cliente fala, mas acompanhar seu ritmo. Se a pessoa chega falando baixo, por exemplo, o vendedor muito expansivo pode fazê-la se sentir desconfortável.

E tem alguns pontos que podemos desenvolver ainda mais:

Não minta – Mentir para o cliente pode ser fatal não só para aquela venda, mas para o negócio. O vendedor ideal não é aquele que falsamente elogia o cliente na porta do provador de roupas, dizendo que a peça ficou excelente quando ela mal serviu. Isso é um erro.

Personalize o atendimento – Quem trabalha com um fluxo grande de clientes, como uma lanchonete de fast-food, tem mais dificuldade em personalizar o atendimento. O mínimo é tentar lembrar o nome do cliente. Se ele vai ao seu estabelecimento todos os dias para almoçar, é possível fazer um esforço para se lembrar do pedido ou do nome dele. É importante porque mostra a atenção que é dada ao cliente.

O cliente tem razão sempre – É possível não concordar sem bater de frente. Quando o cliente entra na loja dizendo que não gosta de uma marca específica, por exemplo, o vendedor não precisa concordar. Basta dizer que outras pessoas também não gostam, mas que existem outras opções que podem agradá-lo.

Fidelize o consumidor – Vender melhor inclui fidelizar o consumidor e convencê-lo a voltar. Uma das formas de fazer isso é ter o estoque pronto para atender a demanda. O cliente volta quando encontra o que procurava. O próximo passo para conquistar o seu público é investir em um atendimento impecável. Peça ao gerente para abordar os clientes e pedir opinião e sugestão sobre o vendedor e sobre sua experiência de compra. Tão importante quanto à própria venda é o acompanhamento no pós-venda. Telefone ou mande um e-mail para saber se o produto atendeu as expectativas.

Fonte: Administradores.

Leia Também

declaracao-anual-do-mei-microempreendedor-individual

O dia 31 de maio é o prazo final para a entrega da declaração anual do MEI. Enquanto muitos correm para colocar a documentação em dia, é importante lembrar quais são os principais erros da declaração anual do MEI cometidos pelos empresários. Para evitar que você seja mais um na estatística daqueles que entregam a […]
Imprimir
O micro e pequeno negócio no Brasil movimenta consideravelmente a economia do país, cerca de 27% do PIB brasileiro, conforme dados do SEBRAE. Além de empregarem 52% da população, o que demonstra significativa importância. Mas inúmeros são os desafios destes micro e pequenos empresários. Uma das principais dificuldades enfrentadas por estes portes de empresas é […]
noticia_124836
Tornar-se vendedor em nosso País, na maioria das vezes, acontece por conta de uma necessidade financeira ou por alguma oportunidade inesperada. A verdade é que quando menos você espera, já está vendendo alguma coisa. Diferente de outros profissionais, que estudam e se formam para depois começarem a exercerem suas atividades por formação, como por exemplo […]

Av. Milton Campos, 2783 - Centro - Guanhães/MG - CEP 39740.000 - Tel.: (33) 3421-0222