Notícias

mulher-ideias-negocio-1-680x425

Como preparar seu pequeno ou medio negócio para conseguir a melhor venda

Identificamos aqui várias áreas-chaves que são essenciais para os proprietários de empresas abordarem, para obeterem o melhor preço de suas empresas na hora da venda.

Principais áreas-chave para se concentrar com o objetivo de vender sua empresa:

  1. Coloque seu negócio em ordem;
  2. Prepare um plano de crescimento;
  3. Enfrente suas operações, elimine erros e passivos;
  4. Controles Financeiros;
  5. Vendas;
  6. Resolva suas necessidades a Longo Prazo;
  7. Estude Avaliações Realizadas em Indústrias Semelhantes;
  8. Encontre o comprador certo;
  9. Prepare sua equipe;

Estima-se que sejam necessários de 1 a 2 anos para preparar um negócio para venda. Lembre-se, isso é prepará-lo, não vendê-lo. Pode levar mais alguns anos para vendê-lo. Se você está olhando para vender o seu negócio nos próximos 5 anos, o tempo para começar a preparar sua empresa para a venda é agora.

  1. Coloque seu negócio em ordem

Obtenha toda a sua documentação em ordem, incluindo as finanças do seu negócio, responsabilidades de trabalho para cada funcionário, avisos legais postados onde deveriam estar e quaisquer indicadores-chave de desempenho para cada pessoa e grupo da empresa.

No entanto, não pára por aí. Dê uma olhada no seu espaço de escritório, armazém ou chão de fábrica. Se alguém entrasse hoje, comprariam na condição atual? Se não, pelo menos 12 meses antes de o negócio ser colocado à venda, leve alguns produtos de pintura e limpeza e dê uma boa limpeza.

  1. Prepare um plano de crescimento

 Um potencial comprador vai querer ver um roteiro realista de possíveis oportunidades de expansão que eles possam explorar. As empresas que fornecem uma imagem das potenciais oportunidades de crescimento, que não conseguiram explorar devido à falta de recursos de capital ou ao desejo limitado, aumentarão consideravelmente o seu valor percebido.

O plano deve assumir que haverá recursos financeiros adequados disponíveis após a venda para implementar quaisquer expansões em potencial. Ter um programa de marketing implementado que forneça consistentemente leads de qualidade e tenha demonstrado sucesso ao longo de vários anos, permite que o novo comprador saiba que uma mudança radical no desempenho de vendas pode não ser necessária.

  1. Enfrente suas operações, elimine erros e passivos;

 As empresas que têm fortes controles operacionais em todos os aspectos de seus negócios são alvos atraentes de aquisição. As principais áreas para se concentrar são:

Seu pipeline de produtos é simplificado, eficiente e eficaz?

Um novo comprador precisará comprar um novo equipamento, contratar mais trabalhadores e treiná-los ou renovar seu processo de produção?

Você tem um processo eficaz de marketing e vendas?

Como os leads são gerados e movidos para as vendas?

O proprietário aceita a maioria dos leads de vendas e limita a eficácia da força de vendas?

Quão eficaz é o seu gerenciamento de 2ª camada?

Você tem uma boa estrutura de gerenciamento envolvendo pessoas que têm autoridade para tomar decisões de negócios?

Seus gerentes são micro gerenciados por você?

Você tem trabalhadores desmotivados e indisciplinados? Isso pode ser uma função de liderança fraca e os gerentes não têm autoridade suficiente.

Eles têm muita experiência no setor?

Você tem um manual de procedimentos de controle operacional?

Você tem um plano claro para o crescimento?

Se você não estiver presene, o negócio funcionará bem sem você? Se a resposta for não, você pode ter tempo para corrigir esse problema.

Deve-se notar que as empresas altamente dependentes do proprietário serão menos valiosas quando chegar a hora de vender.

  1. Controles Financeiros

Dois erros muito comuns cometidos por muitos donos de empresas são a manutenção de livros desleixados e o fato de serem muito liberais em aceitar despesas pessoais como abatimentos fiscais no negócio.

É crucial que você tenha demonstrações financeiras sólidas e possa prontamente apresentar uma imagem clara e precisa da saúde financeira de sua empresa para um possível comprador.

“Para ajudar a tornar seus negócios mais comercializáveis, os proprietários que pensam em vender devem começar a manter livros financeiros completos e detalhados, pelo menos três anos antes de uma venda, para que toda a renda seja contabilizada e possa ser avaliada adequadamente pelo comprador.

“Isso inclui a remoção de todas as despesas desnecessárias dos livros, como um” carro da empresa “que não é realmente usado para fins comerciais. Uma conta de impostos mais alta pode seguir, mas também resultará em um preço de venda maior uma vez que uma transação ocorra ”.

A fim de dar ao seu comprador prospectivo fé na validade de suas demonstrações financeiras, também é uma boa prática ter “revisado” as demonstrações financeiras, ou se você puder, fornecer demonstrações financeiras “auditadas”.

Aqui estão algumas dicas para você se preparar em preparação para uma venda:

Prepare 2 a 3 anos de declarações fiscais e demonstrações financeiras (seja organizado)

Foco em ativos físicos para Financiamento da Dívida – Empresas com bens tangíveis, equipamentos de capital ou imóveis próprios, têm maior sucesso na obtenção de empréstimos comerciais e podem ser usados ​​como garantia para garantir esses empréstimos.

Oferecer financiamento ao vendedor – Os bancos ainda estão relutantes em emprestar para aquisição de empresas e a economia ainda é difícil. Vendedores dispostos a oferecer financiamento por um período de tempo, com interesse estão obtendo mais sucesso com a venda.

Lembre-se, se você não conseguir provar os números, nenhum possível comprador fará uma oferta.

  1. Vendas

 Talvez a área mais crucial a ser examinada, ao preparar sua empresa para a venda, seja as receitas da sua empresa. Para empresas de capital fechado, as receitas de vendas são geralmente o primeiro valor que um comprador em potencial analisará ao considerar sua empresa como interessante para aquisição, e para determinar o valor de sua empresa.

Se as receitas de sua empresa estiverem estagnadas nos últimos anos, poucos compradores ficarão entusiasmados com a perspectiva de adquirir sua empresa.

Ao avaliar suas receitas, aqui estão algumas perguntas a serem consideradas.

Qual é a sua atual quota de mercado em comparação com a sua concorrência?

Seu negócio está superando a economia global?

Seu negócio é a prova de recessões?

As empresas que superam o desempenho durante períodos de recessão podem indicar menos risco para os compradores em perspectiva.

Para os proprietários de empresas que dependem da venda de seus negócios para suprir suas necessidades de aposentadoria, uma pergunta importante a ser feita é:

As minhas receitas atuais são suficientes para fornecer um valor de avaliação capaz de satisfazer minhas necessidades de aposentadoria?

Para muitos empresários, a resposta é NÃO!

  1. Resolva suas necessidades de longo prazo?

Vamos olhar um breve cenário …

Seu negócio é eficiente em termos de operações e controles financeiros. Você tem funcionários leais e um gerente geral que administra o negócio quando você não está por perto para as operações do dia a dia.

Os proprietários de empresas precisarão investir em programas de vendas e marketing destinados a aumentar as receitas dos negócios, aumentando assim a avaliação dos negócios ou enfrentando um estilo de vida reduzido em suas aposentadorias.

Você precisa gastar dinheiro para ganhar dinheiro! No entanto, você não precisa gastar desnecessariamente!

Outros fatores relacionados às vendas incluem:

Composição do seu cliente ou base de clientes;

Dependência de um punhado de clientes;

Contratos de venda do cliente;

Experiência da sua força de vendas;

Pipeline de marketing e vendas;

Programas de marketing online versus offline;

Os proprietários de empresas devem procurar aumentar suas receitas não apenas nos anos anteriores à listagem da empresa para venda, mas durante todo o processo de vendas. Como discutido anteriormente, as transações de vendas de negócios podem levar algum tempo, e os proprietários devem gerenciar como se a venda não estivesse acontecendo de forma alguma. Um acordo promissor pode declinar em um instante.

  1. Estude avaliações realizadas em Indústrias Semelhantes

Só porque alguém que você conhece vendeu seu negócio em uma indústria similar por R$ 5 milhões não significa que sua empresa também possa valer. Você precisará de aconselhamento especializado, normalmente de um consultor financeiro, para ajudá-lo a entender melhor o valor de seu negócio.

Há muitas variáveis ​​que entram em uma avaliação de negócios do que apenas escolher um número para o qual você deseja vender com base em suas necessidades específicas. Indústrias diferentes usam multiplicadores diferentes. Alguns são baseados em lucro ou baseados em receitas, e alguns são baseados em fluxo de caixa. Um corretor de negócios lhe dará uma boa idéia de como seus números se parecem no mercado e será capaz de fornecer bons valores de referência.

  1. Encontre o comprador certo

 Mais uma vez, um corretor de negócios pode realmente valer a pena. No entanto, alguns due diligence da parte do proprietário do negócio, podem render algumas boas perspectivas. Olhe dentro de sua própria indústria para potenciais candidatos que possam estar procurando expandir-se. As empresas com as quais você tem uma relação simbiótica podem ver você como uma boa perspectiva para expandir sua base de clientes ou expandir para uma nova linha de produtos.

Não tenha pressa. A maioria dos compradores terá menos de R$ 200 mil para investir e, normalmente, não possuiram um negócio antes. A maior parte do dinheiro provavelmente virá de suas economias pessoais ou de assistência familiar.

Veja suas motivações para comprar. Pessoas que só vêem cifrões normalmente não são compradores realistas para pequenas empresas.

  1. Prepare sua equipe

É aconselhável manter as informações sobre a venda do seu negócio fora do conhecimento da maioria dos funcionários de sua empresa. Deixar muita informação no ar pode causar pânico e ver funcionários-chave correndo para encontrar novos empregos. O medo de uma venda, e como isso pode afetar sua segurança no trabalho é uma motivação poderosa.

Em vez disso, traga algumas pessoas importantes em quem você confia. Faça com que eles comprem sua visão e planejem a venda. Quando chegar a hora, eles podem ajudar a aliviar os medos que os funcionários possam ter e conseguir orientar o navio na direção certa. Se um comprador detectar um possível motim, o acordo pode ser cancelado.

Quem planta colhe 

O mercado está mudando, e os próximos cinco a dez anos teremos um mercado comprador. Com o grande volume de negócios atingindo o mercado dos boomersque querem se aposentar, a concorrência pela atenção de compradores qualificados com recursos adequados para puxar o gatilho será feroz. Somente aqueles que investiram tempo para avaliar suas empresas e fazer as mudanças apropriadas irão colher os frutos.

Lembre-se, ao preparar seu negócio para a venda, pense como um comprador em potencial.

Fonte: Administradores.

Leia Também

Black-Friday-3--330x252
A Black Friday já está consolidada no calendário do varejo brasileiro como o dia das promoções. É a data de vender muito. Mas se as ações não forem planejadas, o lojista não terá lucros e ainda pode perder clientes. Aproveite essa data para estimular a criatividade da sua equipe e fazer seu estoque girar ainda […]
images (1)
O emaranhado de tributos que recaem sobre as empresas brasileiras causa dores de cabeça a qualquer empreendedor ou gestor. Em um ambiente em que é possível ser penalizado mesmo quando se busca constantemente estar em dia com as exigências da Receita Federal do Brasil (RFB), fazer um bom planejamento tributário não é uma opção, mas […]
Clientes
Quando um cliente fica insatisfeito, ele pode manifestar esse sentimento principalmente de três formas. Primeiro, ele pode ir a público, publicar nas redes sociais, em sites como o Reclame Aqui. Além disso, ele também pode entrar em contato diretamente com a empresa, através de canais oficiais de contato como SACs, voltando à loja e procurando […]

Av. Milton Campos, 2783 - Centro - Guanhães/MG - CEP 39740.000 - Tel.: (33) 3421-0222