1 – Conhecer o cliente e interagir na criação de produtos e serviços. Atualmente a experiência com o usuário e a interação na criação e desenvolvimento de produtos e serviços é fundamental. Não há mais tempo a se perder o mercado muda cada vês mais rápido. Novas tecnologias surgem diariamente e o seu produto ou serviço pode se tornar ultrapassado. Seja pela forma como é produzido, a maneira que é distribuído, o canal de venda (relacionamento), até meios de pagamento ou formas de resolução de problemas que possam surgir.

2 – Venda com qualidade. Vender com qualidade é vender com volume de vendas e considerar a margem oferecida por cada produto, a sazonalidade e como o cliente reconhece o valor agregado neste produto ou serviço. Há algum momento na vida do cliente em que esse produto é essencial e insubstituível? Como você pode torna-lo insubstituível?

3 – Mantenha os custos fixos reduzidos.
O empreendedor deve sempre questionar todas as suas despesas, sempre analisando se a mesma é realmente necessária e como ela contribui para agregar valor ao negócio. Quais as alternativas para reduzir custos fixos? Como realizar parcerias para diluir os custos fixos e/ou transformá-los em custos variáveis?

4 – Realize parcerias com fornecedores.
Aproveite as informações e características dos produtos ou serviços dos seus fornecedores para incrementar os seus produtos ou serviços. Se possível utilize a estrutura do seu fornecedor para estoque, realização de entregas e outras ações, reduzindo desta forma seus custos.

5 – Conheça os seus concorrentes e diferencie-se.
Parafraseando Sun Tzu. Conheça o seu próprio negócio e conheça o seu concorrente. E por mil clientes que venham sua venda nunca estará perdida. Aproveite o essencial e o que gera valor e “copie” criando um diferencial na forma de entrega, meios de pagamento, na assistência, no pós venda e no relacionamento com o cliente.
Em todas estas sugestões, busque sempre melhore sua experiencia com o usuário do seu serviço ou produto, nesta experiencia é que se encontra a essência do negócio e como se consegue agregar valor ao produto ou serviço.

Fonte: Administrativos.

Leia Também

declaracao-anual-do-mei-microempreendedor-individual

O dia 31 de maio é o prazo final para a entrega da declaração anual do MEI. Enquanto muitos correm para colocar a documentação em dia, é importante lembrar quais são os principais erros da declaração anual do MEI cometidos pelos empresários. Para evitar que você seja mais um na estatística daqueles que entregam a […]
Imprimir
O micro e pequeno negócio no Brasil movimenta consideravelmente a economia do país, cerca de 27% do PIB brasileiro, conforme dados do SEBRAE. Além de empregarem 52% da população, o que demonstra significativa importância. Mas inúmeros são os desafios destes micro e pequenos empresários. Uma das principais dificuldades enfrentadas por estes portes de empresas é […]
noticia_124836
Tornar-se vendedor em nosso País, na maioria das vezes, acontece por conta de uma necessidade financeira ou por alguma oportunidade inesperada. A verdade é que quando menos você espera, já está vendendo alguma coisa. Diferente de outros profissionais, que estudam e se formam para depois começarem a exercerem suas atividades por formação, como por exemplo […]

Av. Milton Campos, 2783 - Centro - Guanhães/MG - CEP 39740.000 - Tel.: (33) 3421-0222